quinta-feira, 28 de junho de 2012

O último poeta

Vou cantar tudo que sei
Sobre paz e amor,
E a amizade será minha lei
No caminho contra o rancor!
Farei das minhas feridas
Um motivo para seguir,
O caminho para a vida
No qual eu possa sorrir!
E quando chegar o último poeta
Trazendo a felicidade,
Encontrar-me-á em festa...
Tendo em mim a saudade
Que estará completa,
Com toda a intensidade! 

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...