sexta-feira, 29 de junho de 2012

O mundo

O mundo por fora me vigia
sem ver o que tenho por dentro
amor, sonhos e poesias
a nobreza do sentimento!
O mundo teoricamente me controla
mas, não pode ver quem eu sou.
Usa mil artifícios, me enrola,
porém não vê este imenso amor!
O mundo não sabe de mim
assim como não sabe de você
nem quando estamos sós na multidão,
pode até decretar o meu fim
mas nunca saberá o que vou fazer
quando se trata de emoção!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...