domingo, 24 de junho de 2012

O ardor da chama

Poucas pessoas no mundo
Têm oportunidade e caminho
Para um sentimento profundo
Gerando paz e carinho!
Os homens do nosso tempo
São falsos, cruéis e frios,
Que usam o próprio sentimento
Para desejos sombrios!
Poucas pessoas no mundo atual
São capazes de falar dos sonhos
E manter o ardor da chama
Como este soneto triunfal,
Que aos poucos eu componho
Em busca de quem a mim ama!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus