domingo, 24 de junho de 2012

Nem assim.


Já arranjei outro amor 
Com a qual convivo contra a agonia, 
E nem assim esta dor 
Deixa de manchar os meus dias!


Agora tenho outro alguém 
Com a qual sou bem mais feliz,
E nem assim estou bem, 
Nem esqueço a cicatriz!


Já criei outro universo
Para alegrar o meu verso
E por esta dor no fim,


Mas estou sempre ao avesso, 
Pagando sempre o maior preço
Para ser feliz e... nem assim!

Nenhum comentário:

Livre e de direito