Páginas

terça-feira, 26 de junho de 2012

Mea-culpa.


Eu nunca te levei ao circo,
Nós nunca fomos ao cinema,
Só te faço pagar mico,
Às vezes penso que sou seu problema!


Deus sabe o quanto te amo
E trago teu calor ainda ardendo em mim.
Um dia esses desenganos
Ainda terão um fim!


Eu te fiz tantas promessas,
Bem sei que não as cumpri.
E hoje vivo triste longe de ti,


Mas sinto que esta pressa
Em que a vida teima em continuar
É só para um dia te reencontrar!

Nenhum comentário: