Páginas

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Guerreiro.


Sou um guerreiro, meu bem,
Lutando pelo meu povo,
Crendo com fé também
Num mundo totalmente novo!


Sou um guerreiro, minha cara,
Que luta por paz neste mundo material,
Pouco me importando com medalhas,
Pois estas não são o meu ideal!


Sou um guerreiro lutando pela paz,
Por ter nos olhos vermelhos,
A cor de tanta mágoa e tristeza


Que existe desde tempos imemoriais,
Gerando atrás de si ódios e medos
Neste mundo cruel e de avareza!

Nenhum comentário: