terça-feira, 26 de junho de 2012

Em teu olhar.


Em teus olhos sempre encontro
Toda uma divindade.
Com tua fala me desmonto
E abraço a eternidade!


Tua voz me é audível
Como uma miríade musical secular
E tudo o que ouço me é crível,
Relacionado ao teu olhar!


Pouco me importa o tempo
Passado por esta terra
Se em meu peito não couber o sentimento...


Que a toda dor encerra
Com a fúria dos sete ventos
Que teu olhar em mim prolifera!

Nenhum comentário:

Intimidade com Deus