sexta-feira, 22 de junho de 2012

Doce amor

Se no livro de tua vida
eu for uma página virada
por favor, esqueça-me, querida
não quero ver-te magoada!
Oh! Meu doce e eterno  amor,
por favor, lembra-te de mim
pois é imensa esta dor
que me faz seguir assim!
Tu sabes o quanto a ti eu quero
e querendo-te vou muito além
daquilo que tanto esmero
e sem ti não sou ninguém.
Por isso que imploro e peço
não me esqueça, meu bem!

Nenhum comentário:

De Victor Hugo a Frejat

Soneto I Eu lhe desejo de todo coração que você seja muito, muito feliz, que seja o dono de sua emoção e no amor...