domingo, 17 de junho de 2012

Divididos

Entre o ódio e o amor
a humanidade sobrevive
carregando o fardo da dor
sem saber como ser livre!
Entre carinhos e ressentimentos
a humanidade vem se matando
sem conhecer os próprios sentimentos
vagamos de bando em bando!
E assim pedimos a Deus
o que teria que ser feito por nós
e deixamos de criar a paz
pois, o sentido dela se perdeu
e cada um vaga tão só
no caminho em que não se olha para trás!

Nenhum comentário:

Andarilho