Páginas

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Bendita solidão

Por mais amarga que seja
Salve a solidão.
No bar, na casa, na igreja,
até mesmo na construção!
Por mais que me doa o peito
deixe vir até a mim esta solidão.
Pois ela é de direito
em toda e qualquer nação!
Bendito aquele que sozinho
foi capaz de criar um mundo
em um momento de carinho,
em uma fração de segundo
mesmo sabendo que os espinhos
deixariam ferimentos profundos!

Nenhum comentário: