Páginas

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Ato e contrição

Senhor, reconheço que errei,
E errado peço perdão
Por ter amado, como amei,
A quem me golpeia o coração!
Sinto forte a dor
Que ao peito me atingiu,
Mas sei que o verdadeiro amor
Jamais se extinguiu!
Sei por certo que eu
Tenho que aprender esta lição
Que me marcará o coração
Porque antes de joelhos pedir o teu,
Tenho que aprender a oferecer o meu,
Para enfim merecer o perdão!

Nenhum comentário: